Multiplicação dos Clones Vegetais

 

 

 

 

 

É necessário uma boa assepsia para trabalhar
na câmera de fluxo laminar.

 

 

 

 

 

A flambagem dos instrumentos laboratoriais evita a contaminação dos clone.

 

 

 

 

 

É importante flambar também as vidrarias onde serão inseridos os clones.

 

 

 

 

Depois de realizar todo processo de assepsia,
o próximo passo é  introduzir os clones nos frascos.

 

 

 

 

 

Os fracos que recebem os clones contém um meio  de cultura para nutrir a planta. 

 

 

 

 

 

Depois de colocar o clone, o frasco é fechado 
com papel alumínio.

 

 

 

 

 

Na última etapa, o frasco é vedado com filme plástico.

 

 

 

 

 

Após concluído o processo, os clones são levados para sala de crescimento.